Páginas

12 de março de 2010

PL 122-06 A grande tentativa de constituir uma ditadura homossexual


  O Brasil que é considerado um país livre e democrático, aonde todos podem demonstrar suas preferências e posições sociais perante todos como direito garantido na constituição brasileira, agora sofre um golpe.
  Na surdina, as 4 horas da manhã, no dia que antecede o recesso de 2006, é aprovado o Projeto de Lei 122-06, sem audiência pública nem discursões. E o que mais nos indigna, é saber que a maioria ali presente assinou o documento que aprova a PL 122-06 sem nem mesmo saber do que se tratava.
 Clique aqui e veja a PL 122/06.
 A constituição garante a todos os cidadãos a total liberdade para expressar ou manifestar seus pensamentos, e que ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa, convicção filosófica ou política.
  
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
  • IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
  • VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;
  • IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licençadcs
  Esse projeto consiste em mudar ou acrescentar artigos na constituição em favor aos homosexuais.
 Sem dúvidas alguma este projeto também é inconstitucional, porque a lei fere outras leis que protegem a liberdade de expressão e de culto, além da manifestação religiosa sobre tal assunto. Esta lei está cheia de favorecimentos, que irão criar um verdadeiro império homossexual nesta nação.
 Se esta lei for aprovada, um pastor ou um padre não poderá fazer nada se um casal de homossexual estiver se beijando no pátio da igreja ou até mesmo dentro da igreja.
 Um pai não poderá dar conselhos ou visões ao seu filho contra o homosexualismo, não podendo até ensinar os preceitos bíblicos sobre o homosexualismo.
 Verbas do governo e a renda captada através das multas previstas na lei, serão destinadas a materiais de apoio para o incentivo a homosexualidade nas escolas, ou seja, seu filho vai estar na quarta ou quinta série, e irá ter alguém com um planfeto ou folder dizendo a ele que se quiser pode virar homosexual, que é normal e legal. E o mais revoltante, é que ninguém vai nas escolas ensinar que não pode discriminar negros, que não pode maltratar idosos, que temos que respeitar os deficientes, ou que Jesus é a salvação e que pode mudar as suas vidas.
 Um empresário não poderá despedir um funcionário gay direta ou indiretamente, ou seja, se você tiver um empregado gay, não poderá despedir ele, pois ele pode se sentir afetado ou ofendido e você poderá pegar de 2 a 5 anos de reclusão.

 Se essa lei ser aprovada, será criada uma verdadeira mordaça colocada na boca de todos pelos movimentos GLS e derivados. Nossa liberdade religiosa de falar o que a bíblia diz sobre o homossexualismo, de dizer que isto é uma abominação aos olhos de Deus, está totalmente ameaçada.
 Eu não tenho nada contra os homossexuais, amo todos pois são criaturas de Deus como eu e você. Mais isso não quer dizer que eu concorde com as atitudes a qual praticam. Cada um pratica e vive da maneira que bem entender. Mas isso não quer dizer que não posso criticar tal prática por alguém praticada.
 Eu e você temos direito como cidadãos deste país, direitos assegurados na constituição brasileira (Artigo 5º Incisos IV, VIII e IX) a liberdade de expressão, a liberdade de culto.
 Pelo menos eu sei a diferença entre criticar e ofender. Por exemplo: Quando o Papa veio ao brasil, a imprensa, alguns órgãos religiosos e sociais criticaram até dizer chega, mas não vimos a igreja católica processando ninguém. Os evangélicos estão cansados de serem criticados diariamente, na maioria das vezes em forma de ofensa. No Brasil pode se criticar Deus, o diabo, a igreja, os políticos, mais se criticarmos os homossexuais se tornamos homofóbicos. Todos temos direitos de criticar sem ofender. E essa lei quer tirar esses direitos que é nos garantido. Se todos somos criticados, porque os homossexuais querem fazer de tudo para não serem criticados?
 Essa lei se intitula "Lei da Homofobia" sendo que homofobia na psiquiatria, é a pessoa que tem fobia de homossexuais, é uma doença raríssima. Quem é homofóbico, tem horror aos homossexuais a ponto de querer surra-los ou matá-los.
 O projeto prevê privilégios que não foram dados aos negros, indigenas, idosos e deficientes físicos. Isso é uma vergonha, pois, o negro não escolhe ser negro, o indigena não escolhe ser indigena, o idoso não pode escolher ser jovem, e o deficiente não escolhe estar nesse estado, visto que o homossexualismo é comportamental, um fato comprovado cientificamente, não existe cromossomo gay, bissexual ou transgênero. Existe sim cromossomo macho e fêmea. O gay não nasce gay, o homossexualismo é uma postura a qual ele escolhe trilhar por algum motivo.
 Com esta lei, alguns trechos da bíblia poderão ser criminalizados, se haver ministrações ou pregações contra a prática do homossexualismo, o pastor ou ministro será penalizado com penas de 1 a 5 anos de reclusão.
Materiais impressos serão confiscados e destruidos. A lei prevê também, o aumento de 1 terço da pena para qualquer um que fabrique, distribua ou comercialize quaisquer ponto de vista contra o homossexualismo, seja impresso ou verbal. Em transmissões televisivas ou radiofônicas, a lei prevê a suspensão delas.
 Irmão, amigo, pai de família, pessoa de bem, não vamos deixar isso acontecer, isto não pode de forma e maneira alguma acontecer nesta nação. Essa nação não pode ser dominada pela ditadura homossexual, não podemos perder o nosso direito garantido de total e livre expressão de pensamentos, de culto e credo religioso. Não vamos deixar os valores familiares descer por água a baixo.

Visite o link acima e mande um e-mail para os senadores de seu estado dizendo que essa lei não pode ser aprovada, pois fere a nossa liberdade de expressão e de culto.

 Autor: Tiago Vargas
Todos os direitos autorais reservados ao autor.

5 comentários:

  1. Pena que o seu deus não aceite o que supostamente ele mesmo fez, o Amor, independente de sexo.

    ResponderExcluir
  2. o meu amado + na bíblia diz:fez Deus o homem e a mulher... e + tmbm diz assim :e o varão DEIXARA A KSA DO PAI E DA MAE E APEGARSE-A A SUA esposa...se vc tmbm cre em Deus e le a bíblia sab era disso né????
    Q Deus em Cristo Jesus te faça entender isso, amém???

    ResponderExcluir
  3. Deus criou Homem e Mulher e que esta fora disso é desvio de conduta, doença o que quer que seja, menos amor.

    ResponderExcluir
  4. Dois homens e uma dupla, duas nulheres tambem sao uma dupla. Um homem e uma mulher é um casal, procriam, fecundam-se mutuamente. Se 2 homens fosem um casal nao seria chamados de dupla caipira Chico Rei e Paraná e sim um casal caipira. Daqui uns dias os Padres e os Pastores teran que casar homem com homem, mulher com mulher, como ja tem alguns Pastores fazendo.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Atenção!
Não escreva mensagens ofensivas ou contendo palavras de baixo calão.
Faça críticas construtivas e demonstre sua opnião sobre o assunto, não ofenda de forma alguma qualquer um que participe de forma direta ou indireta do blog.

Vídeos Evangélicos

Loading...