Páginas

6 de março de 2011

Jovens x Igreja: A difícil tarefa de ser um jovem cristão Vol.1


No mundo a juventude é conhecida como uma faze de complexos e disturbios emocionais. Alguns tem a juventude como época de "curtir" a vida, extravasar os sentimentos da forma que mais lhe achar  útil ou prazeroso. Mas dentre todas essas expectativas e visões, há uma certa parcela destes jovens que são cristãos, que seguem Jesus, e de alguma forma o aceitaram de todo o coração, vivendo assim uma transfomação, que deverá ser mantida com comprometimento em seguir as escrituras de Deus, da melhor forma possível. Mas o problema é o seguinte: Essa tarefa tem sido cada vez mais difícil, e os motivos desta certa dificuldade em ser fiel a Deus na juventude, serão discutidos em uma série de artigos.

1. A fadiga cristã
Vamos começar levantando a tão polêmica questão de doutrinas cristãs pentecostais...

Um grupo de jovens num domingo abençoado, vai a um show evangélico com aquele cantor abençoado que toca aquela música abençoada e atual. Chegando lá o clima de adoração domina aquele ambiente, os jovens a vontade adoram a Deus como melhor achar agradável. Alguns chorão com as mãos em seu peito, outros pulam alegremente, também cantam em alto e bom som com toda a alma alegremente.

Alguns pastores e líderes evangélicos conservadores achariam esse exemplo o cúmulo da incredulidade humana. Mas na verdade esses jovens adoram a Deus com a alma e o coração, da maneira que lhes atrai.
A Bíblia diz em Eclesiastes 12:1 “Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos em que dirás: Não tenho prazer neles.” 
E o que seria lembrar do seu criador? Não seria continuar sendo um joven normal, mais que exaltasse a Deus? Que o lembrasse e louvasse em todas as ocasiões e momentos de sua vida?
Corra, brinque, chore, pule, cante, namore, estude, dance, divirta-se, beba, coma, trabalhe, faça amigos, passeie, viage.. aproveite os dias de tua mocidade, mas em tudo isso dai glória ao teu Deus, que te amou e te guarda todos os dias de tua vida.
Os valores de ser um jovem cristão em algumas igrejas, na verdade tem destruido a oportunidade de que muitos jovens possam conhecer a verdadeira paz e serem libertos. A história de que isso não pode, aquilo não deve, aquilo outro é pecado está defasando nossa juventude. Sim, os jovens precisam ser cheios do espírito, falar em linguas, saltar e pular na glória de Deus. Mas para isso acontecer eles tem que estar em um lugar que antes de tudo eles gostam de estar, eles tem que se sentir motivado a adorar a Deus. Assim como um culto deve acontecer, também deve acontecer uma gincana, uma tarde de louvor, um grande impacto. Na verdade, os jovens não são valorizados nas igrejas pentecostais, o que tem sido ao contrário nas igrejas neo-pentecostais, aonde os jovens são tratados de uma forma especial. O pior de tudo, é saber que os pentecostais declaram que essa maneira de adorar a Deus é pecaminosa e mundana, e dizem que igrejas neo-pentecostais, lançam heresias.

Uma pesquisa de 2004 feita pela Unesco, aponta que os jovens brasileiros são os terçeiros mais religiosos do mundo. Mas somente 18,8% desses jovens são pentecostais, contra 66,2% católicos e outros 15% divididos entre não denominacional, ateu, espírita e outros. Porque será que a população de jovens protestantes não almenta conforme as outras faixas-etária? Será que eles veêm em outras religiões a facilidade de uma vida religiosa mas desapegada a doutrinas e dogmas? O que fazer para mudar essa cituação?

Acredite não estou falando de mudar as doutrinas bíblicas de igreja tal para sastifazer grupo tal.
Não é liberar "geral". A questão é a seguinte: Conseguir que os jovens de maneira espontânea e voluntária, se adequem a normas da igreja em que se decidiram para o evangelho de Cristo. Estou falando que os líderes podem fazer da igreja um lugar agradável para os jovens. Em uma fase de complexos e tantos atrativos no mundo, a igreja não pode se omitir enquanto satanás prepara um banquete para os jovens.

Que possamos inovar não só no âmbito socio-cristão, mas também nas diferentes formas de manifestação de louvor e agradecimento a Deus. Pois lembre-se, que se um dia você foi jovem,  mas esse dia pertenceu a outra geração, as coisas mudaram, e na igreja as formas de lidar com diferentes pensamentos e formas de adorar a Deus deve ser respeitada.
“Uma geração vai, e outra geração vem; mas a terra para sempre permanece” eclesiastes 1:4

Fiquem na Paz do nosso Senhor Jesus Cristo!
Att. Tiago J. Vargas 
 _____________________________________________________________________
Esse artigo é de total e restrita responsabilidade de seu editor Tiago Vargas, o Blog Conversação Cristã não se responsabiliza por quaisquer informação encontrada neste artigo

Um comentário:

  1. Parabéns pelo texto!
    Minha maior felicidade foi caminhar pela Terra Santa.. e em breve vou viver isso de novo dessa vez junto com meus filhos!
    Convido a todos para que conheçam as caravanas da Sendtur Turismo.
    Acesse:

    http://www.sendtur.com.br

    ResponderExcluir

Atenção!
Não escreva mensagens ofensivas ou contendo palavras de baixo calão.
Faça críticas construtivas e demonstre sua opnião sobre o assunto, não ofenda de forma alguma qualquer um que participe de forma direta ou indireta do blog.

Vídeos Evangélicos

Loading...